O QUE É?

Processo que visa o acordo familiar e legal no qual os cônjuges, num contexto de separação/divorcio procedem à regulação do exercício do poder paternal através do pedido voluntariamente a ajuda de uma terceira pessoa. Uma ajuda confidencial de uma pessoa neutra e qualificada para resolver os seus conflitos de uma maneira mutualmente aceitável, que lhes permitirá atingir um Acordo durável e equilibrado que terá em linha de conta os interesses de todos os membros da família, especialmente os das crianças.

OBJETIVOS

- Informar pais e filhos sobre o processo que estão a vive;
- Desenvolver a comunicação entre a família;
- Diminuir os conflitos;
- Responsabilizar ambos os pais;
- Facilitar questões ligadas ao sistema judicial;
- Conduzir à elaboração de um acordo escrito;
- Evitar os frequentes incumprimentos de acordo celebrado.

A QUEM SE DIRIGE?

- Está num processo de separação ;
- Se tem dificuldades em chegar a um acordo com o seu cônjuge ;
- Não quer que os seus filhos percam funcionalmente um dos pais, avós e outros familiares, que são uma parte importante do seu património emocional e social a que têm direito;
Ninguém melhor que você sabe da sua realidade. Mas em situação de crise existem profissionais que podem ajudar sem ter de recorrer a Tribunal ? O Mediador Familiar.

Porque o grande interesse da criança é MANTER AMBOS OS PAIS DEPOIS DA SEPARAÇÃO.